Espelho

07/02/2012


Você menina(o) que já não se olha no espelho com medo do que vê, eu sei como é, mas encará-lo é uma forma de ser cada dia mais forte. Ele te mostra a verdade, é, eu sei que dói, você deve estar pensando "Que louca, ela quer a verdade, mesmo doendo nela"; sabe porque eu quero ver a verdade? Porque eu sei que não sou igual as outras pessoas, me faz entender que tenho defeitos e que tenho que concerta-los, mas e se eu não me olhar não os verei e não saberei o que mudar.

Você se olha no espelho e vê algo que não gosta como: gordurinhas, uma espinha, um cravo, um cicatriz, etc. Não se importe com as gordurinhas você pode entrar em uma academia e fazer elas sumirem com um pouco de suor. Uma espinha tem cremes para isso. Um cravo, você tem esfoliantes. E uma cicatriz ela pode não ter jeito mais te mostra também que você é diferente por causa dela, mas essa cicatriz te faz mais linda, mais maravilhosa aos olhos de Deus, porque sem ela você não seria Maria, Juliane, Carla, você seria alguém com outra cicatriz em outro lugar, você teria a mesma cicatriz só que em outo lugar e seria você mesma.

Lembre-se seu espelho não é um mostro, ele é seu amigo. Sempre que se olhar diga há você mesmo assim: "E ai gatona, como anda belezura?", "nosso coma eu mudei de ontem pra hoje.""nossa como eu to linda hoje.". Assim encarar o espelho se torna engraçado e sem tortura.


Beijos Tatiane.

Nenhum comentário:

Postar um comentário